Conheça os benefícios da bandagem adesiva usada no esporte

15/09/2017 17:50

A bandagem tem como principal função promover o posicionamento funcional de articulações ou de tecidos por meio das fitas adesivas. "O acessório também pode ter ação analgésica, mas isso dependerá do tipo de aplicação e da causa do problema. Para conseguir os efeitos desejados, essas bandagens devem ser aplicadas por especialistas familiarizados com a técnica", explica Fabrício Naves, médico do esporte do Orthomed Center, que atende em São Paulo (SP) e em Belo Horizonte (MG).

O Kinesio Taping é uma técnica específica de aplicação sobre e nas adjacências dos músculos para prover suporte articular, normalizar contrações musculares e auxiliar a circulação

Existem três tipos de bandagens:

1. Esportiva (Athletic Taping) - indicada para lesões agudas e prevenção de lesões, sem benefícios de reabilitação.

2. Biomecânica (McConnell Taping) - usada para promover alinhamento biomecânico de tecidos e articulações para reeducação neuromuscular durante o tratamento fisioterapêutico ou nas atividades do dia a dia.

3. Neuromuscular (Kinesio Taping) - técnica específica de aplicação sobre e nas adjacências dos músculos para prover suporte articular, normalizar contrações musculares e auxiliar na circulação."As bandagens podem atuar no alinhamento articular e muscular, na facilitação sensorial ou até mesmo como placebo. Tudo ainda é pouco claro e muito debatido. Mas o que se observa é uma melhora clínica da função e da dor", avalia Guilherme Ribeiro Branco, fisioterapeuta da Sceletus Excelência em Fisioterapia, de Belo Horizonte (MG). Porém, ele ressalta que a técnica não substitui os tratamentos musculoesqueléticos tradicionais.

Normalmente usado em casos de desconforto provocado por pequenas lesões ou disfunções de movimento, os especialistas afirmam que é necessária uma avaliação prévia para que o Kinesio Taping seja aplicado. "No caso de um estiramento, por exemplo, para evitar que o músculo se lesione ainda mais, coloca-se a bandagem de forma longitudinal em relação ao músculo, passando pela lesão e gerando uma tensão elástica", aponta Augusto Luis Riboldi, fisioterapeuta esportivo, coordenador do setor de fisioterapia da Academia Traffic de Futebol, em Porto Feliz, no interior de São Paulo. De qualquer modo, ainda que a bandagem não trate a lesão, ela proporciona um suporte à região e ajuda o corredor a ajustar o movimento para que não gere mais dor ou piore a lesão.

Roda Livre
(https://www.terra.com.br/esportes/atletismo/corrida-de-rua/medicina-do-esporte/veja-os-beneficios-da-bandagem-adesiva-usada-no-esporte,640871b0687aa310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html)